Aviso aos navegantes:

"Aqui a casa é ventilada, o coração é quente e as vontades têm a temperatura exata para os sonhos."
Fique à vontade, leve um pouco de mim, deixe um pouco de você. Comente!

Sou assim... menos paciente,em muitos momentos, mas em constante evolução! 03.08.14

" Na prática, sou menos paciente. Não lido bem com situações que se arrastam, com falta de objetividade, com rodeios. Fico nervosa com gente que fala muito pausadamente e leva dez minutos pra dizer o que poderia ser dito em três. Pessoas que perdem horas ao telefone sem chegar logo ao ponto. Música que se repete à exaustão o estribilho. Eu cortaria uns quatro "lá, lá, lá, lá, lá, lá, lá, hey,Jude..." no final da música dos Beatles. Que heresia: sobrou até para os Beatles.
E o que dizer de um palestrante que ama a própria voz? E e-mails do tamanho de teses de mestrado? E de doutorado? E novelas? Alguém me explica por que ainda fazem novelas que duram oito meses?
Estou dando a impressão de que fui abduzida por este mundo que não enaltece o prazer, que não se entrega `a reflexão, que não curte as travessias. Mas a verdade é que eu ainda me regalo - e muito - com prazeres, reflexões e travessias, sem achar que para isso é necessário que elas me esgotem, que me obriguem a chegar na outra margem sem fôlego. Para provar que não sou um caso totalmente perdido, algumas coisas ainda aprecio que sejam longas, como as amizades, as conversas em volta da mesa, nosso tempo de vida. E uma boa transa, claro."
                                    (Martha Medeiros - A Era do Compacto)

Um comentário: