Aviso aos navegantes:

"Aqui a casa é ventilada, o coração é quente e as vontades têm a temperatura exata para os sonhos."
Fique à vontade, leve um pouco de mim, deixe um pouco de você. Comente!

No colo da noite ... (N) 29.10.13

E nos rendamos de nuvens, incólumes no colo da noite, 
deitados no sono e na sede, 
embalados pelo ritmo da respiração suspirosa. 
Teu braço enroscando minha cintura, 
a outra mão no meu seio, 
meu coração batendo por todo o corpo, 
calor de um no outro, mordiscamentos despertando anseios. 
Sensuais e imensos, 
movimentos cada vez mais intensos, 
a nudez pegajosa do desejo. 
Sonolenta e tranquila, 
sinto o atiçamento do acordamento lascivo, 
penso em te dizer mil exclamações, 
mas quando abro a boca, 
apenas te beijo.

(Marla de Queiroz)

Nenhum comentário:

Postar um comentário