Aviso aos navegantes:

"Aqui a casa é ventilada, o coração é quente e as vontades têm a temperatura exata para os sonhos."
Fique à vontade, leve um pouco de mim, deixe um pouco de você. Comente!

Espera... Lília Diniz (Sertanejares) (N) 25.06.2013

ESPERA

LÁ NO FUNDO DOS TEUS OLHOS
EU QUERO ME AFOGAR
NO REMANSO DOS TEUS BRAÇOS
QUERO DE VEZ SERENAR
DESSA TUA BOCA PEQUENA
E DO TEU CHEIRO DE AÇUCENA
PRA SEMPRE QUERO PROVAR

AMANHECER COM TEUS BEIJOS
NA TUA ALMA ADORMECER
NO ACONCHEGO DO TEU COLO
AMORAS EU VOU COLHER
QUERO DESBRAVAR SERTÕES
DO TEU CORPO E NOS CLARÕES
DA TUA VOZ ENSURDECER

ESSE NEGRO DOS TEUS OLHOS
QUERO PRA ME ILUMINAR
NO TEU AMOR ENGAIOLADO
VIVER PRA TE AGRADAR
NA ARAPUCA DESSE QUERER
ME ENTREGO TODA A VOCÊ
ASSIM QUE VOCÊ CHEGAR

(SERTANEJARES - LÍLIA DINIZ)

Um comentário:

  1. "E não importa o que vão dizer".
    Quem mete a pessoa "eles" entre "nós", não é merecedor de ser amado, nem tão pouco de amar.

    Cansei de gente que pensa "neles" e não em nós, nós de nós.Porque sem nós, não há Nós.E Nós, não são eles nem ninguém, para além de alguém que ama, e é amado, com nós.Se pensa neles, não ama.È um faz de conta de amor.

    ResponderExcluir