Aviso aos navegantes:

"Aqui a casa é ventilada, o coração é quente e as vontades têm a temperatura exata para os sonhos."
Fique à vontade, leve um pouco de mim, deixe um pouco de você. Comente!

Reconhecimento de almas! (N)


Um comentário:

  1. Coêrencia de acções que requerem olhos, mesmo sem palavras.
    O outro não nos pode reconhecer pelas nossas acções se não conhecer o quanto os nossos olhos podem falar, também por elas.Não o fazer, quase parece avaliar as acções do outro, como se no vento elas se desfizessem quando elas podem estar tão precisas,concisas e prontas a serem implementadas.Olhar de longe pode até conter um certo grau de comodismo.Deixar voar, voar, pressupoe desejar que voem na nossa direcção.Quem ama, deixa o outro voar livremente,sempre! Mas ampara o voo se necessário e se se justificar.Pode ser um conforto meramente ilusório, olhar o voo de longe.Conforto real será amparar o voo, quando se ama. Almas e olhos, ajustam pés e palavras e produzem coerência das acções quando existe reconhecimento mútuo, entre dois seres, assim eu creio.

    ResponderExcluir