Aviso aos navegantes:

"Aqui a casa é ventilada, o coração é quente e as vontades têm a temperatura exata para os sonhos."
Fique à vontade, leve um pouco de mim, deixe um pouco de você. Comente!

Franqueza... como ato de amor... (N) 08/11/2012




Tão raro usar a franqueza para falar coisas bonitas.

(Fabrício Carpinejar)


PS: Só você sabe como fazer isso tão bem!

Um comentário:

  1. Creio que a franqueza em qualquer acto de relacionamento humano, mas porventura com maior relevância nas coisas da alma e do amor, é aquela virtude que maior liberdade, beleza e serenidade interior pode transmitir a quem ama.
    Só o facto de o podermos ser, já faz de nós seres a saber fazer tantas outras coisas, bem.Mas quando se ama profundamente, sentimos tudo de forma "tão" infinita... e o horizonte visual da nossa alma, é sempre "tão"...rasgado e abrangente....O "tão" é uma das palavras que nos dá sem duvida a dimensão única, do acto de amar.Até a dor é "tão" doída....quando amamos profundamente.

    Beijo, para si.

    ResponderExcluir